sábado, 12 de maio de 2012

Tarde de Outono


"Outono. Em frente ao mar. Escancaro as janelas
Sobre o jardim calado, e as águas miro, absorto.
Outono... Rodopiando, as folhas amarelas
Rolam, caem. Viuvez, velhice, desconforto..."

Olavo Bilac, in "Poesias"

2 comentários:

Leonardo B. disse...

[ainda que se insista ser longe,

o mar acontece em qualquer lugar,
de nós!]

um imenso abraço, J.

Leonardo B.

João Ricardo Sousa disse...

Elementar, caro L.

Search This Blog